COMENTÁRIOS SOBRE O ARTIGO “O MUNDO SEM A AMAZÔNIA” [publicado por piaui.folha.uol.com.br em 17/10/2019]

0

Todos os argumentos apresentados nesse artigo estão baseados em resultados de Modelo de Clima Global (MCG) que não conseguem reproduzir o clima atual e, particularmente, o ciclo hidrológico, que é fundamental para a existência do Bioma Amazônia. Nos mapas apresentados no artigo, a impressão que o leitor tem é que a variação das temperaturas e

“TODOS OS DEUSES DOS PAGÃOS SÃO DEMÔNIOS”

Pachamama 3

Em Roma, durante o Sínodo Pan-Amazônico, Deus e a Santíssima Virgem Maria foram substituídos por ídolos pagãos em algumas celebrações O mundo católico se estarreceu com a “cerimônia” realizada nos jardins do Vaticano, na véspera da abertura do Sínodo Pan-Amazônico, pois se tratou de um ritual indígena de magias para obter curas e outros favores, invocando

DEPUTADA DO PCdoB NA REDE ECLESIAL PAN-AMAZÔNICA: UNIÃO ESQUERDAS-SÍNODO

PCdo-b-no-Sinodo-rz

Deputada do PCdoB na Rede Eclesial Pan-Amazônica – REPAM – “A expectativa é que esse documento saia daqui como uma denúncia internacional do que está acontecendo na Amazônia e, ao mesmo tempo, seja o ponto de partida de uma atuação conjunta entre nós do Brasil e ações políticas, ações suprapartidárias unificadas entre os movimentos sociais e a Igreja“.

PSICOSE AMBIENTALISTA E NOVO SOCIALISMO

incendi_amazzonia_720-1024x576

Os incêndios ocorridos na região amazônica brasileira deixaram claro o surgimento de uma nova psicose mundial: o ambientalismo. E, como solução para esta nova doença, uma receita universal: interromper o progresso e o desenvolvimento humanos. Passemos à consideração dos fatos. Desde a posse do Presidente Bolsonaro, no início deste ano, começou forte pressão internacional demonstrando

SÍNODO DA AMAZÔNIA: DOM BERTRAND EM ROMA DIZ QUE É IMPOSSÍVEL COLOCAR FOGO NA FLORESTA AMAZÔNICA

Capturar2

Sínodo da Amazônia: perigo para a Igreja e para a sociedade. Paganização da doutrina católica e tribalismo da liturgia. Palestra do Príncipe brasileiro Dom Bertrand de Orleans e Bragança, proferida durante Congresso realizado em Roma na véspera do Sínodo da Amazônia. Assine contra o que está em preparação no Sínodo: https://campanhas.ipco.org.br/pedido-aos-padres-sinodais-por-uma-amazonia-crista-e-prospera

A ESQUERDA CATÓLICA AGE, UMA FAMÍLIA PERDE SUA TERRA

22

Brasil profundo Guiados por pessoas da família Thomé, após enfrentar os buracos e atravessar riachos, chegamos à noite na Fazenda Verdum no dia 27 de julho. Casa cheia. Ainda eram férias escolares. Pessoas de todas as idades. Calorosa acolhida. Não tardou para sentarmo-nos em torno de uma grande mesa para o jantar. Todos os pratos

BISPO BRASILEIRO: A MISSÃO DA IGREJA É LEVAR O EVANGELHO A TODOS, INCLUSIVE AOS INDÍGENAS. NENHUMA CULTURA ESTÁ ACIMA DE CRISTO.

foto capa

Em seu programa de rádio, no dia 1º de outubro, o Bispo de Formosa (estado de Goiás-Brasil), Dom Adair Guimarães, falou sobre o Sínodo da Amazônia. Transcrevemos alguns trechos mais relevantes: Rezemos pela nossa Igreja nesses tempos difíceis. Muitas pessoas [estão] preocupadas com este Sínodo da Amazônia, pois tem muitas vozes que têm proposto alguns

SONHO AMAZÔNICO DO SÍNODO DO VATICANO

sinodo2-990x619

O Sínodo Amazônico, que se realiza em Roma, está focado em “ouvir”. Esta palavra ocorre 45 vezes no seu Instrumentum laboris. O próprio Sínodo é entendido como “um processo de escuta sinodal”, um “instrumento privilegiado de escuta”, um “processo dinâmico de escuta” (nº 1: 5). O que ele realmente quer “ouvir”? Considerando a Amazônia um

DEZ DESTAQUES AMBIENTAIS DO BRASIL (II)

Canavial

Continuação do artigo anterior. Canavial 6 – O Brasil pouco contribui para o efeito estufa pela emissão de CO2 O mundo emitiu 31,5 bilhões de toneladas de CO2 de origem fóssil em 2008. A China respondeu por 21% das emissões mundiais (6,5 bilhões de toneladas), seguida pelos EUA (19%), Rússia (5,5%), Índia (4,8%) e Japão

ELITES GLOBAIS MENTEM SOBRE INCÊNDIOS NA AMAZÔNIA

Macron

Os incêndios ocorridos na floresta amazônica brasileira não poderiam ter sido mais bem cronometrados: deram-se, oportunamente, durante a cúpula do G7 dos países desenvolvidos em Biarritz, na França, com suas soluções internacionalistas e antisoberanas. Por outro lado, o estrondo midiático espalhando cenas de desolação ocorre a menos de dois meses antes do Sínodo da Amazônia,